O suicídio afetas as pessoas em todos lugares, independentemente da riqueza , privilégio ou educação. O programa Insiders do canal SAT-7 PARS explora esse tópico profundo e emotivo.

No mundo, cerca de 800,000 pessoas tiram suas próprias vidas por ano[1]. Apesar das estatísticas oficiais mostrarem que o suicídio entre os iranianos é relativamente baixa[2], a precisão dos dados é incerta[3]. Relatos em primeira mão de iranianos no país sugerem números significativamente mais altos.

FALANDO DE EXPERIÊNCIA

“A primeira vez que eu tentei suicídio eu tinha 14 anos de idade,” reconta Sarina*, uma jovems corajosa que compartilhou sua história ao vivo no programa Insiders. Ela contou eventos que a levaram a experenciar desesperança e depressão, incluindo uma família destruída pelo divórcio, um pai ausente, solidão, e falta de amor e atenção.

“A segunda vez que eu tentei suicídio eu era jovem, com dois filhos e em um casamento que eu não queria. Eu estava buscando libertação da situação em que eu me encontrava. Claro, eu não tive sucesso, caso contário eu não estaria aqui,” ela diz enquanto sorri.

COMO AJUDAR

Existe uma percepção comum entre os iranianos que quando alguém fala sobre suicídio, está só falando sem intenção por trás das palavras. Entretanto, o contrário é verdadeiro e falar sobre é um indicador da real intenção[4].

Insiders encoraja os espectadores a estarem alertas em relação aos outros em sua volta, a escutar e prestar genuína atenção. Quando perguntar a alguém sobre como está se sentindo, não fique satisfeito com o esperando ‘bem, obrigado’. Procure por sinais de depressão e seja encorajador e solidário.

O conselho que Sarina dá para ajudar resistir a pensamentos suicidas e trazer cura é poderoso e reflete sua jornada de fé. Ela diz: “perdoe aqueles que te prejudicaram, ou que te fizeram te sentir mal amado e sem valor. Perdoe, porque o ato de perdão é a melhor receita para o mundo.”

Grata por ter passado por esse período de sua vida, ela diz: “Agradeço a Deus, que me salvou dessa situação, e hoje eu estou aqui capaz de transmitir a mensagem de que vocês têm valor e são amados.”

World Population Review coloca o Irã em 154º lugar nas taxas de suicídio por país: http://worldpopulationreview.com/countries/suicide-rate-by-country/

World Population Review coloca o Irã em 154º lugar nas taxas de suicídio por país: http://worldpopulationreview.com/countries/suicide-rate-by-country/

Suicídio no Irã, os fatos e os números de relatórios nacionais: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5425355/

Suicídio entre homens e mulheres: https://www.theguardian.com/science/2015/jan/21/suicide-gender-men-women-mental-health-nick-clegg