O culto de Natal na Igreja de São José, no Cairo, transmitido a milhões via SAT-7 ARABIC em 14 de dezembro, é uma imagem encorajadora do impacto e da unidade cristã no Egito.

“O papel da Igreja no Egito é muito importante. Não são os números que determinam se as pessoas podem ser eficazes. Mesmo que os cristãos sejam pequenos em número, eles ainda podem ter um forte impacto através de escolas, hospitais, eventos de caridade, eventos de artes e outros. Essa é a melhor mensagem que você pode dar”, diz o padre Boutros Danial, padre e líder de coral da Igreja de São José.

Com a presença regular de celebridades egípcias, funcionários e diplomatas estrangeiros, o concerto anual de canções de Natal da igreja é um exemplo desse grande impacto. E o próprio coro – que entra na nave da igreja vestido de vermelho, branco e preto – também é evidência da unidade dos cristãos. Quando suas vozes angelicais se misturam na igreja de teto alto, elas representam a união de muitas denominações diferentes.

O padre Danial explica que a igreja é um centro para todos. “Nosso coral de Natal tem 130 membros”, diz ele. “Nosso coro não se restringe aos membros de nossa própria igreja. Temos muito orgulho de nossos membros do coral que participam aqui e também servem a Deus em suas próprias igrejas”, diz ele.

Situada no coração do Cairo, a Igreja de São José se destaca com um design exterior colorido e padronizado entre os prédios cinzentos circundantes. Construída em 1875 por um renomado arquiteto italiano, a igreja é uma evidência da fé cristã diversificada no Egito. Embora tenha começado como uma igreja para expatriados italianos, agora serve todas as denominações de cristãos egípcios.

São José também é líder entre as igrejas no Egito, com canções natalinas, uma tradição relativamente nova no país. Desde que a igreja iniciou seu concerto anual no início dos anos 2000, outras igrejas, interessadas em reunir suas congregações para as celebrações de Natal fora da tradicional missa comemorativa, começaram a realizar seus próprios cultos de louvor.