Quando a explosão do porto atingiu Beirute em 4 de agosto, o prédio vizinho da Igreja deveria estar cheio. Em vez disso, estava vazio, porque horas antes, o pastor Saeed Deeb se sentiu mal e sem saber por quê, mandou todos para casa. Ele compartilha sua história da inspiração divina que protegeu sua congregação, no canal SAT-7 ÁRABE.

“O teto desabou. As janelas e molduras de vidro foram atiradas de um lado para o outro da sala. Tudo no meio foi destruído com o impacto. Se as crianças, ou qualquer outra pessoa, estivessem lá, elas não teriam sobrevivido”, disse o Rev. Saeed Deeb, pastor sênior da Igreja de Deus.

Em uma entrevista especial no programa You Are Not Alone (Você Não Está Sozinho), o pastor explica que mais cedo naquele dia, ele e muitos outros estavam na igreja, reunidos para orar, dar aulas bíblicas para grupos de crianças e preparar comida para servir famílias carentes e refugiadas na área. Mas para o pastor Deeb, algo não parecia certo.

“Naquele dia, senti um peso no coração. Fiquei preocupado”, lembra ele. “Senti que estávamos todos cansados ​​e precisávamos fechar mais cedo. Este foi um sentimento estranho e incomum. Senti que todos tinham que ir para casa e descansar.” No início, o pastor Deeb explica, ele não tinha certeza se deveria seguir esse sentimento. “Mas eu raciocinei que o descanso vem do Senhor. O Senhor quer que descansemos”. Então, impulsionado pelo Espírito Santo dizendo-lhe para “vá, vá, vá”, ele mandou todos para casa.

Nesse ponto, cerca de 200 crianças estavam na igreja junto com 34 membros da equipe, e as atividades foram programadas para toda a tarde e noite. “Eu os empurrei para irem embora. Quanto mais eu pedia para eles irem, mais intenso aquele sentimento dentro de mim se tornava. Eu disse a eles para irem descansar em casa e não voltarem até o domingo”, diz ele. Quando a equipe ficou relutante, o pastor Deeb desligou seus computadores para eles.

Após a explosão naquela noite, ele voltou para a igreja e encontrou a estrada fechada devido a prédios desabando e cenas de destruição e destroços dentro. Suas ações pouparam a congregação de estar presente quando a igreja sofreu grandes danos, provavelmente salvando vidas.

O pastor Deeb também compartilha sua crença de que ele próprio foi salvo separadamente pela providência divina. Enquanto ele havia se comprometido naquela noite a terminar uma tarefa no porto, onde a explosão ocorreria, ele foi convidado por um amigo pastor a ir em um jantar em sua casa, livrando o pastor Deeb de um futuro acidente.

No programa You Are Not Alone (Você Não Está Sozinho), o pastor Deeb envia uma mensagem de apoio aos telespectadores libaneses, pedindo aos sobreviventes que tenham fé e se voltem para o Senhor. “Glorifique o nome do Senhor, peça para sentir a presença dele em sua vida. Ele diz: ‘Estou com você’. Ele não vai se esquecer de nós”, ele os encoraja. “Mesmo que as coisas pareçam ruins e os estoques de trigo tenham acabado, não perca a fé. Não perca a esperança.”

Após a explosão, o pastor Deeb enviou uma mensagem aos refugiados sírios e outras famílias carentes que a igreja apoia, dizendo que a distribuição de alimentos continuaria ocorrendo normalmente. “Essa foi minha primeira instrução”, diz ele. “Costumávamos distribuir 200 pacotes de comida antes da explosão. No dia seguinte, distribuímos 700. Estamos limpando com uma mão e alimentando as pessoas com a outra. E vamos continuar.”