Um número sem precedentes de 82 milhões de pessoas estão agora deslocadas à força enquanto o mundo marca o Dia Mundial do Refugiado (Fonte: UNHCR). A CEO da SAT-7, Rita El-Mounayer, pede oração urgente para aqueles que “não têm nenhum outro lugar para ir”, enquanto as famílias deslocadas compartilham como, mesmo nos tempos mais sombrios, eles encontraram esperança através da programação do SAT-7 para atender às necessidades educacionais e emocionais.

“O Oriente Médio e o Norte da África são a maior região de acolhimento de refugiados do mundo. Milhões estão desabrigados ou fugindo de países devastados pela guerra para os vizinhos, nações que lutam contra suas próprias cicatrizes econômicas e sociais. Essas famílias desesperadas correram para um lugar seguro, apenas para descobrir que não há outro lugar para ir. Peço a você que se junte a nós em oração pelas milhões de famílias de refugiados que sobrevivem desta forma hoje.”

– Rita El-Mounayer, CEO da SAT-7

Com o aprofundamento das crises no Iraque, Síria e agora na Terra Santa, os canais árabes da SAT-7 desenvolveram uma programação para apoiar refugiados que fugiram de suas casas, perdendo entes queridos e meios de subsistência na esteira da violência e do conflito. O programa My School (Minha Escola), da SAT-7 ACADEMY , lançado para apoiar a educação interrompida de crianças deslocadas, ouviu recentemente de uma família cuja história ilustra tanto a profunda necessidade quanto a esperança que a mídia pode fornecer.

Yara* é uma criança iraquiana de nove anos que não pôde frequentar a escola no Iraque devido à violência e agitação. Desde que sua família fugiu para o Líbano, ela começou a receber uma educação e seus professores descobriram que ela já sabia o que achavam que ela havia perdido. A mãe de Yara, Renalda, explica o porquê:

“Ela assiste ao programa My School (Minha escola) desde que estivemos no Iraque e é por isso que está se destacando, graças aos seus professores. Ela já aprendeu com o My School (Minha Escola) todos os tópicos que está estudando na escola agora e os acha muito fáceis graças a vocês. Muito obrigado.”

Os programas do SAT-7 KIDS também oferecem apoio emocional e conforto às crianças afetadas por conflitos. Muitas crianças palestinas recentemente ligaram para o Allo Marianne, um programa de adoração e oração para crianças, para orar e se expressar. Layla, que já ligou várias vezes, disse que mesmo quando ouviram o bombardeio, ela não teve medo porque sabia que Deus a protegeria. Ela também disse que sente paz ao assistir Allo Marianne e Bible Heroes (Heróis da Bíblia), outro programa favorito, especialmente quando os apresentadores oram com ela e por ela.

A apresentadora Marianne Awaraji Daou também ouviu recentemente sobre Jad, um menino sírio de 17 anos, que foi desalojado e sequestrado por militantes. Ele compartilhou que quando ele foi mantido longe de sua família, sua paz veio das canções de adoração que ele vinha aprendendo com o canal SAT-7 KIDS desde os 10 anos de idade.

Além de apoiar os refugiados, a SAT-7 ajuda a nutrir seus laços positivos com as comunidades anfitriãs, que enfrentam muitos desafios próprios. O programa You Are Not Alone (Você Não Está Sozinho) ajuda a construir o entendimento entre os telespectadores, dando aos refugiados um espaço para contar suas histórias, enquanto o novo projeto Lebanon: Our Story (Nossa História) foi lançado para reunir jovens de diferentes origens, incluindo refugiados, no Líbano para repensar uma visão compartilhada para o futuro.

Por favor ore:

“O Senhor cuida do estrangeiro e sustenta o órfão e a viúva” (Salmo 146:9). Este versículo nos lembra do amor de Deus por todos, o amor que sustenta todos os objetivos da SAT-7. Neste Dia Mundial do Refugiado, por favor, ore conosco, pedindo ao Senhor que proteja cada refugiado e os envolva com Seu amor.

  • Ore para que Ele mantenha os refugiados encorajados e fortes na fé durante as dificuldades que enfrentam.
  • Ore para que os direitos dos refugiados sejam mantidos e protegidos no Oriente Médio e no Norte da África.
  • Ore para que vejamos uma melhora na condição dos refugiados em todo o mundo e uma diminuição no número de pessoas forçadas a deixar suas casas.

*Nomes foram alterados para preservar suas identidades